Porque sou Great Place to Work ?

pita-pessoas-gptw-great-place-to-work.jpg

Ficamos nos perguntando, Great Place to Work é um selo importante para nossa empresa?
Existem empresas que tem como meta bonificar seus colaboradores ( mesmo sabendo que isso é proibido pelo GPTW ) caso atinjam a média mínima para ter o selo.

Mais do que um selo, o GPTW é um estado de espírito, é um olhar maior a todos os colaboradores. Ter essa marca demonstra ao mercado, aos candidatos, a sociedade em geral que, além dos lucros, existem pessoas – e elas importam.


pita-selo-gptw-great-place-to-work.png

Nós da Pitá, quase um ano após essa conquista, podemos tecer algumas considerações sobre o que mudou dentro de nossa estrutura com o Great Place to Work, e o que ainda poderá mudar:

  • Qualquer mudança estrutural que queremos fazer em nosso escritório, agora pensamos: quem vai ser impactado, qual o reflexo nesse profissional? Será positivo?;

  • Agora pensamos em como podemos melhorar o que não está visível aos nossos olhos porém afeta aos colaboradores. Um dos resultados práticos foi a extensão de maternidade de 05 meses para mães e adotantes, e 20 dias para os pais. Numa estrutura pequena e enxuta como a nossa, isso é uma vitória a se comemorar a cada dia;

  • Algo bem interessante, quase antagônico, acontece também na escolha de nossos colaboradores. Os colaboradores precisam ter um encaixe mínimo com a nossa estrutura e propósito atual. Ser Great Place to Work não é adaptar a empresa em função do colaborador, mas sim, dentro de um propósito definido, buscar pessoas que tenham aderência a esses valores. Ser Great Place to Work não é uma soma de benefícios, mas sim um coeficiente de felicidade em que benefícios, respeito, diversidade, flexibilidade, transparência devem ser considerados;

  • O fazer juntos importa SEMPRE. Seja uma decisão da data e o tema do happy hour quanto a escolha de um novo software de desenho: a decisão é colegiada. Perdemos tempo? Não! Grupos grandes ou pequenos são formados em função da seriedade ou urgência do tema, para não perdermos celeridade. É uma formação de squads virtuais administrativos de curta duração, com um propósito claro;

  • Mais do que nunca, resultados precisam ser discutidos. Transparência em números, como falado no texto anterior, é mandatório quando se busca coesão de princípios  e resultados;

  • Educação importa. Queremos treinar, estudar, capacitar, estar conscientes do que acontece no mundo! GPTW tem uma parcela de responsabilidade nisso. Percebemos que um bom lugar para se trabalhar investe em formação e atualização. É uma atitude programada, no financeiro como na agenda da empresa. E todos nós valorizamos muito! 

Com as considerações acima, temos a certeza de que o selo é importante para nós. Poderíamos viver sem ele? Com certeza. Mas ter a confirmação de que estamos buscando um caminho correto é música para nossos ouvidos e remédio a nossa alma!