DM/AM agora é Pitá: entenda a mudança

Veja como o escritório vai funcionar depois da compra, por Antonio Mantovani, das cotas de Dante Della Manna

 
 

A partir do dia 19 de agosto de 2018, o nome do nosso escritório deixa de ser DM/AM para ser Pitá. A mudança é consequência da compra das cotas do arquiteto Dante Della Manna pelo arquiteto Antonio Mantovani, que aconteceu há cerca de dois anos. Pouco muda na nossa operação diária: continuamos no Jardim Paulistano, na cidade de São Paulo, e seguimos sob a direção geral do Antonio, que assumiu o dia a dia de atividades há pouco mais de cinco anos.

 

Neste novo momento, vamos preservar as características que fizeram do DM/AM referência em arquitetura corporativa no Brasil e no mundo, e vamos renovar a nossa vocação para a inovação e a sustentabilidade. O Pitá nasce com a experiência acumulada pelos profissionais do DM/AM durante 20 anos de escritório, período durante o qual, sob o comando de Dante Della Manna e, posteriormente, de Antonio Mantovani, foram projetados mais de dois milhões de metros quadrados e conquistados reconhecimento do mercado, dos clientes e dos fornecedores.

 

Todos os 23 arquitetos, cinco estagiários e dois funcionários administrativos permanecem conosco, com foco em uma operação cada vez mais colaborativa e horizontal. O know-how e a excelência por trás de projetos emblemáticos do DM/AM, como a escola global Avenues, os escritórios do LinkedIn, Yahoo! e Cubo Itáu, e a Biblioteca de São Paulo, formam a base do Pitá, um escritório mais flexível e adaptável às crescentes mudanças nos ambientes de trabalho, estudo e entretenimento.

 

o Pitá

logo-pita06_bg01.png
 
 

Pitá é um jeito simpático de dizer Ptá. O nome significa “criador” e remete à divindade egípcia dos arquitetos e artesãos. Em português, Pitá ganha sentido ainda mais amplo e evoca inventividade, ancestralidade, tradição local e visão global. O nome combina a força do deus antigo com um impulso inovador. Pitá também tem um som bastante brasileiro e é fácil de lembrar.

 

Aqui, não há cargos, mas sim funções. As figuras do arquiteto gerente e do arquiteto coordenador não existem. As equipes se organizam por projeto de maneira orgânica, com líderes se alternando de acordo com a expertise de cada um - e as exigências de cada projeto. O objetivo é sempre garantir a melhor entrega.

 

Um núcleo duro, formado por nossos membros sêniores, colabora com projetos mais complexos. Até temos uma diretoria de inovação, por exemplo, e outra comercial, mas a interdisciplinaridade reina e contribuições cruzadas, de pessoas com funções e formações distintas, são estimuladas.

 
 

O futuro da arquitetura corporativa - agora

 
logo-pita06_bg02.png
 
 

Durante os 20 anos do escritório como DM/AM, houve épocas em que a gente fazia projetos, majoritariamente, de bancos e financeiras. Depois, foi a vez dos grandes escritórios de advocacia e lojas. Nos últimos anos, o setor de tecnologia dominou a carteira de clientes do DM/AM. Além de LinkedIn, Yahoo! e Cubo Itaú, também estão nesse rol Microsoft, Amazon e Salesforce. A conquista mais recente não foge a essa regra: a gigante do ramo de turismo Decolar.com. A nova sede da empresa, que é a filial brasileira da maior agência online de turismo na América Latina, será inaugurada, em breve, em Alphaville, perto de São Paulo.

 

O projeto da Decolar.com, como todos os projetos nos últimos anos, está em linha com a evolução e o futuro dos espaços e do mercado de trabalho. Foi-se o tempo em que um escritório funcionava com lugar marcado, mesa, cadeira, computador e telefone para cada funcionário. Hoje, a explosão do trabalho colaborativo, a ascensão do “home office”, e a busca por sustentabilidade e qualidade de vida vem revolucionando o que se entende por arquitetura corporativa.

 

Espaços abertos e modulares, iluminados por luz natural, com mobiliário inteligente e sustentável, e eficiência no uso de recursos como água e energia são a regra. Com profissionais certificados pelo LEED e o International Well Building Institute, que são referência nas melhores práticas em construção sustentável e que visa o bem estar humano, nós, do Pitá, entregamos tudo isso.

 

Mas não só isso. Somos um escritório com projetos descolados e inovadores, que prezam pelo estilo sem afetação, a leveza, a execução impecável e, fundamentalmente, o atendimento às necessidades do cliente.

 

Confira quatro exemplos de projetos emblemáticos da nossa história como DM/AM que ficam, como experiência, para o Pitá.

 

Yahoo!

Linkedin

Biblioteca Parque da Juventude

Astra Zeneca